Coisas legais

Tudo torto

Ser canhota tem suas vantagens. Quer dizer, tem seu charme. Dizem que os canhotos são mais criativos, diferentes, até mesmo geniais (é o que dizem, não sou eu que estou inventando!). Mas fora isso, vários problemas acompanham o ato de fazer tudo com a outra mão. Toda vez que sento em um computador tenho que mudar o mouse de lado. Quando estou dirigindo e me mandam virar à direita, tenho um instinto incontrolável de virar à esquerda. Mas o pior mesmo foi nunca ter aprendido a cortar em linha reta. Nada. Nunca. Dizem que é porque as tesouras são feitas para destros.

O que não explica porque também não consigo cortar reto com faca e outros objetos cortantes e tenho que pedir ao gringo-lindo para fatiar o pão. Deve ser de família, a julgar pela única e última vez que deixei minha mãe cortar minha franja.

Enfim, para pessoas que sofrem da mesma limitação, descobri esse brinquedinho. É uma tesoura que emite uma luzinha que serve de guia para cortar em linha reta. Pelos meus cálculos, deve funcionar bem também na mão esquerda. Genial. Aposto que foi criado por um canhoto!

Creminho bão!

Eu sou meio desconfiada com essas revistas femininas. Leio todas, que fique claro. Mas gosto de achar que não estou sendo influenciada. Hahaha. Mesmo que a cada página eu decida que preciso imediatamente e desesperadamente de coisas utilíssimas como sapatos plataforma de crochê, saias tulipa e bolsas de palha azul turquesa.

Então imaginem minha desconfiança (e meu interesse) quando a Elle britânica estampou em sua capa "The £7 moisturiser that made us stop wearing make up" (algo como "O hidratante de 7 libras que fez com que parássemos de usar maquiagem").

Mmmmmmm, pensei. Pode ser tudo mentira. Mas se for verdade, o creme deve ser bom mesmo já que as editoras de beleza aqui da gringolândia têm a mãozinha pesada na dupla base-pó.

Como meu hidratante estava no fim, resolvi pagar para ver. E...era tudo verdade. O creme é bom mesmo! Eu, que já não usava maquiagem no dia-a-dia, passei a não usar com mais convicção!

Recomendo! Trata-se do OLAY COMPLETE CARE MULTI-RADIANCE FLUID.

 

 

PS: Para os leitores brasileiros, estou topando viagens-muamba! E só mandar uma passagem que eu levo o creme!

 

só curvas

Lendo num blog colega uma rápida divagação sobre retas e curvas, me lembrei de um artista da gringo-lindo-lândia, o Hundertwasser. Esperto, achava que as retas eram antinaturais (viu, estilistas malvados que fazem vestidos tamanho 1!).

Quando estava por lá, fui visitar uma das casas que ele construiu, a Kunst Haus, um misto de museu-galeria-café.

Me senti Alice no país das maravilhas. Primeiro achei que estava embriagada...aí descobri que, ao menos daquela vez, o desnivelado era o chão - e não eu.

Depois resolvi ir ao banheiro. E me perdi para voltar. OK, sempre me perco já que vim ao mundo com vários acessórios divertidos mas sem a necessária bússola-interna. Mas desta vez me perdi mesmo, fui parar em outro andar, demorei uns 15 minutos para voltar à mesa e tive que aguentar piadinhas sobre minha falta-de-senso-de-noção.

Tudo bem, porque foi o lugar mais legal onde já me perdi. Recomendo!

 

 

(como não amar alguém que ama curvas e ainda por cima chama uma de suas pinturas - acima - de It Hurts to Wait for Love
If Love is Somewhere Else).

ano novo...

"Nós sorrimos porque tudo fica mais fácil quando se sorri".

A sabedoria simples da minha tradutora indonésia resumiu o espírito que encontrei em Banda Aceh...

Um ano de sorrisos para todos nós!

PS: as histórias engraçadas ficam para o ano que vem, porque estou em clima de filosofia-de-fim-de-ano e de saída para as minhas merecidas férias...

 

Barriga de dentro

Mais uma vez recebo a lista das "sample sales" aqui na Gringolândia. Da última vez, acabei não indo a nenhuma, por falta de recursos financeiros disponíveis. Desta vez, o capital de giro (hihihi) continua baixo, mesmo para descontos de até 80%. Além disso, minha viagem para a Indonésia se aproxima e com ela o dilema: o que vestir em uma ilha muçulmana light, com temperaturas médias de 35 graus. Não preciso cobrir a cabeça, graças a Alá. Mas barriga de fora nem pensar. Nem alcinhas. Ou bermudas.O ideal seriam as túnicas e kaftans que eu não comprei no verão passado.

Na falta delas, eu poderia que aproveitar meu câmera tem 1,92cm e porte de jogador de rugby e dar uma banana aos costumes. Aposto que os indonésios não iam reclamar! 

Aí vai lista das "sample sales" para as amigas que não gastaram seu último tostão em biritas e roupas comportadas para países muçulmanos.

 

What: A Jewellery Affair
When: Fri., 25 Nov.,
11 a.m.-9 p.m.
Where: The Music Rooms,
South Molton Lane, W1 (020 7419 9177).
Why: Shaun Leane, Samantha Salmons, Tina Engell, Ruby Red.
How much: Free.

What: Boudicca Sample Sale
When: Fri., 25 Nov.,
3-8 p.m.; Sat., 26 Nov., noon-8 p.m.
Where: Very Up & Co, 67B
Queens Gardens, W2 (020 8510 9868).
Why: Boudicca past season stock (women).
How much: Free.

What: Designer Fashion Sale
When: Fri. & Sat., 25 & 26 Nov.,
10 a.m.-6 p.m.; Sun., 27 Nov., 11 a.m.-5 p.m.
Where:
Hampstead Town Hall, Haverstock Hill, NW3 (020 7794 1636).
Why: Polar Furs, The Cross, Marosa, Betty Jackson, Ghost, D&G (women) 80 percent off.
How much: £3.

Barriga de dentro (continua)

What: Vogue’s Fashion Sale for Pakistan 
When: Tues., 29 Nov., noon-8 p.m.
Where:
Covent Garden Studios, 10 Mercer Street, WC2 (020 7608 9100).
Why: Bargain donations from YSL, Matthew Williamson, Giles, Alexander McQueen (women).
How much: £10 to shelters in
Pakistan (Vogue Pakistan Fund).

What: Designer Warehouse Sale
When: Womenswear — Fri., 2 Dec., 10 a.m.-8 p.m.; Sat., 3 Dec., 10 a.m.-6 p.m.; Sun., 4 Dec., 11 a.m.-5 p.m. Menswear — Fri., 9 Dec., 10 a.m.-8 p.m.; Sat., 10 Dec., 10 a.m.-6 p.m.; Sun., 11 Dec., 11 a.m.-6 p.m.
Where:
45 Balfe Street, N1 (020 7837 3322).
Why: Vivienne Westwood, Prada, Hugo Boss, Gucci, all 80 percent off.
How much: £2.

What: Temperley Winter Sale
When: Wed. & Thurs., 7 & 8 Dec.,
10 a.m.-8 p.m.
Where: Twentieth Century Theatre, 291 Westbourne Grove, W11 (020 7229 4179).
Why: Temperley samples and reduced past seasons’ stock (women and children).
How much: £3 goes to the Olive Branch charity for cancer treatment.

My hair hurts

Eu confesso: tenho saudades de "Sex and the city". Claro que assisto repetições a cabo, mas não é a mesma coisa. Acho o seriado inteligente, divertido, corajoso e até mesmo um tanto revolucionário (tese que já defendi durante inúmeras discussões etílicas, mas da qual vou poupá-los!).

Enfim, ontem vi de novo uma das minhas tiradas preferidas, quando Charlotte diz, no meio de uma ressaca do mal:

"MY HAIR HURTS" (meu cabelo dói).

Fiquei com tanta saudade que dei uma passadinha no site do programa. E lembrei de uma coisa muito divertida que tem lá! Vocês sabiam que dá pra ver fotos dos modelos mais legais de cada personagem em cada temporada??? Não sei vocês, mas eu acho isso divertidíssimo...

Aqui vão dois dos meus modelos preferidos da última temporada:

And my hair huuuuurts!

 

plumas e paetês

Eu vou criando aversão a quase tudo que as colegas inglesas começam a usar em excesso. Foi assim com as saias de cigana, que renderam um dos primeiros posts desse blog que vos fala. Foi assim também com as botas UGG, que ao contrário do que escreveu uma jornalista sem noção aí na terrinha, têm esse nome porque são feitas pela marca UGG australiana, e não porque são UGLY! Também tive ódio mortal de calças jeans justas pra dentro de botas no joelho.

Mas, como Raul, prefiro ser essa metamorfose ambulante. E, se não usei saias de cigana, as calças pra dentro da bota viraram meu quase uniforme (e não fica parecendo a Sula Miranda, ok?!). Mudo de idéia não porque sou vencida pelo cansaço ou pela influência, mas porque algumas coisas são legais mesmo, apesar do excesso de exposição.

Outra modinha inglesa que, resisti, resisti e me rendi são os lenços de lantejoulas. Já comentei que gosto de paetês. Não em excesso, isso deixo para o já saudoso Clóvis Bornay. Mas um pouco de brilho e purpurina nunca fizeram mal a ninguém. E que jeito melhor de brilhar um tiquinho do que com um cachecól fininho e comprido, todo de paetês? Eu uso o meu marrom como faixa no cabelo. Dá para usar de cachecól mesmo. E de cinto...Eu me rendo, me rendo, me rendo.

PS: Se eu estivesse aí no Brasil começava a fazer esses lenços para vender...não deve ser difícil e vai virar febre...alguma sócia interessada???

Carta aberta à videoartista Candice Breitz

Honey,

Veio por meio desta expressar minha total indignação com o fato de ter sido excluída da sua instalação. Tudo bem que não sou muito fã de instalações. E às vezes até tiro sarro delas. E que demorei três anos para visitar uma das galeria de arte contemporânea mais faladas de Londres, a White Cube, que fica a cinco minutos da minha casa.

Me chame de arcaica e dinossaura e aponte o dedo ao meu gosto impressionista e burguês. Mas me deixar de fora de uma instalação em que 30 pessoas cantam e dançam o álbum inteiro Immaculate Collection da Madonna, cada uma aparecendo em sua própria telinha em uma parede feita de telinhas?! E que se chama Queen (A Portrait of Madonna)?!Veja bem, isso é muita maldade. Ainda mais levando-se em conta que você deixou várias delas usarem acessórios divertidos, como asas de anjo e óculos psicodélicos. Diferente de alguns dos fãs italianos que você selecionou para a obra, eu sei quase todas as letras do disco de cor e não fico só mexendo a boca. Tenho um casaco de oncinhas sensacional que ficaria ótemo no vídeo. E já dancei e cantei a Immaculate Collection inúmeras vezes, em festas de debutante e na privacidade de meu quarto.

Revoltante, verdadeiramente revoltante.

Sem mais e sem beijos ou abraços me despeço.

Guerreira

PS: Nem tente me comprar me convidando para participar das suas outras instalações sobre o Michael Jackson ou Bob Marley. Nós duas sabemos muito bem que não é a mesma coisa.

Oink

Além de dar entrevistas imaginárias, como já contei aqui, adoro também responder a testes de personalidade. Muitos deles têm resultados absurdos. Mas mesmo assim faço todos os que aparecem. E ainda fico pensando depois sobre as facetas da minha personalidade que eu não conhecia, mas que o teste revelou! Então imaginem minha felicidade quando descobri esse teste que avalia sua personalidade a partir do seu desenho de um...PORQUINHO! Ha! O teste mais fofo do mundo! Mesmo que ele tenha dito que eu sou pessimista (realista, please), ingênua (hahaha), teimosa (isso eu sou sim) e sem vida sexual (o gringo-lindo não tem reclamado!). Mas faz parte da margem de erro. Prefiro me concentrar na parte que diz que sou direta, corajosa, segura e uma boa ouvinte! E no meu porquinho que, modéstia a parte, ficou lindinho. Aqui está o link do teste.

(meu porquinho. E não são seios no peito dele! São as patinhas da frente, seus perversos!!)

(o porquinho do meu amigo João)

Docinho

Fiquei conhecendo por aqui esse conceito de "sample sale", algo como "liquidação de mostruário". Parece que é uma loucura. Também, com descontos que chegam a 70, 80% em roupas e acessórios de marcas lulus como Prada, Vivienne Westwood, Dior e Chanel, dá para entender. Mas eu vinha me sentindo ligeramente mané e desinformada, porque nunca fiquei sabendo de nenhuma dessas liquidações. Desconfiava até que era um mito urbano, como a loira do banheiro e o roubo de rins em Buenos Aires. Mas senti um friozinho na barriga e na carteira quando recebi uma listinha das "sample sales" mais bacanas da cidade. A comadre que me repassou tal informação atende pelo nome de Daily Candy (http://www.dailycandy.com), um serviço de emails diários sobre coisas legais. Eu recebia a versão americana, mas agora começaram uma versão londrina também. Eba!

Para quem mora ou passará por aqui, lá vai a lista das "sample sales" de setembro. Perigo!!!

  • What : THE SECRET SAMPLE SALE When: 1-4/9; Thurs.-Sun., noon-7 p.m. Where: The Well Gallery, Dray Walk, The Old Truman Brewery, 91 Brick Lane, (0208 348 1987 or joinlist@secretsamplesale.co.uk). Entrance fee: £1. Why: Eighty percent off Gharani Strok, Eley Kishimoto, Sara Berman, Vanessa Bruno, Diane von Furstenberg and a hefty amount of Paul & Joe, rarely found at any sale.

  • What: FROCK ME! http://www.adams-antiques-fairs.co.uk When: 3/9; Sat., 10 a.m.-5:30 p.m. Where: Chelsea Town Hall, King's Road, SW3. Entrance fee: £3, students: £1.50. Why: Great prices (from £10) on vintage everything: clothing by Dior and Chanel, jewellery by Tiffany and Cartier, accessories by Hermès.

  • What: 200th DESIGNER WAREHOUSE SALE http://www.designerwarehousesales.com/ When: 16-18/9; Fri., 10 a.m.-8 p.m.; Sat., 10 a.m.-6 p.m.; Sun., 11 a.m.-5 p.m. Where: DWS, 45 Balfe Street, King's Cross, N1. Entrance fee: £2. Why: Such highbrow designers. And so cheap: 80 percent off Vivienne Westwood, Alexander McQueen and Roberto Cavalli. Prada cashmere is reduced from £400 to £60.

  • What: LONDON FASHION WEEKEND http://www.londonfashionweekend.co.uk/ When: 22-25/9; Thurs., 6-9 p.m.; Fri.-Sat., 10 a.m.-6 p.m.; Sun., 10 a.m.-5 p.m. Where: Natural History Museum, Cromwell Road, SW7. Entrance fee: £15 Thurs., £10 thereafter. Why: If you've heard of it, it's here. Eighty percent and more off rails and rails of Temperley, Gharani Strok, Alex Gore Brown, Jenny Packham and Philip Treacy (hats for £60).

  • What: CLERKENWELL DRESSED http://www.cga.org.uk When: 30/9; Fri., noon-7 p.m. Where: Clerkenwell Green Association, Pennybank Chambers, 33-35 St. John's Square, EC1. Why: A mass of up-and-coming London names: Kate Jones knitwear, Emma Q jewellery, Natasha Wright dresses.

Manual de Sobrevivência

Istambul é uma cidade engraçada! E levemente surreal. Pelo menos eu achei. E aqui vai meu pequeno (e muito pessoal) guia de sobrevivência na cidade dos dois continentes.

(foto da mesquita azul...que não é azul mas saiu azul na foto. meda)

[ ver mensagens anteriores ]